segunda-feira, 23 de julho de 2012

Uma estrela colorida

Uma estrela colorida

Coloco as minhas imagens no limiar da partida
Cheia dos meus melhores dias
Das minhas memórias bebo o néctar dos deuses
Coloquei nos meus momentos de vôo
Penas de minhas asas douradas
Ecos que ressoam em meu coração, novamente...
Sinto o hálito quente do meu anjo da guarda
Poderia manter as cores decoradas
Um céu de arco-íris em pó colorido
Enfeitando meu dia D
Ainda sonho com a chuva caindo de nossas mãos
Impregnadas com um sutil odor do amor
Estou indo, mas levo comigo  a chave.