quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Vejo um arco-ìris





 
Eu vejo estes dias, em que a chuva cai pela janela... E ainda assim, quando chego a fechar os olhos, um outro mundo me vem ao olhar.
Quero que sintam comigo a esperança sendo renovada, a partir da ponta dos dedos para o nascimento das emoções “AS PALAVRAS”  Vejo um arco-íris, com toda beleza que o céu pode oferecer, onde o cinzento desaparece antes que chegue o brilho da aurora.  Rosangela Colares