sábado, 25 de dezembro de 2010

Tenho vivido angústias





Tenho vivido angústias e inabalável crença em ver um mundo melhor.
A de(cisão) de amar faz uma "cisão" no nosso ego...porque amar significa "escolher sim" o caminho da tolerância, da compreensão, da generosidade e principalmente é uma escolha de viver num "mundo almado"...e nosso ego não aceita , ele quer o caminho do "poder" e da carne...onde imperam os desejos e não as necessidades. A carne tem desejos. A Alma tem necessidades.
No amor existem regulamentos. Cerceados. A ruptura é necessária, para que o amor seja de fato uma escolha. (Para termos que ir às raízes, as causas que produzem o amor submisso, pilar de sustentação da ideologia dominante) ocorra. Muitos [nós] precisam ser desatados. E depende de [nós].
Essa sociedade burguesa que aí está não é nada mais nada menos, do que o reflexo de nossos melhores sonhos e piores pesadelos. Algo está errado no mundo porque algo está errado em nós mesmos. Que nossas palavras e poesias sejam usadas para ajudar a sonhar e como ferramentas na construção de um mundo mais generoso e poético.

Rosangela Colares

UM 2011 DE REALIZAÇÕES PARA TODOS OS MEUS AMIGOS(AS).

2 comentários:

adelly disse...

Decidir é algo bem difícil, pois um caminho acaba por excluir outro...
Mas não escolher já é uma escolha...
Que 2011 seja de escolhas centradas na vontade de Deus!
bjs

Ge Fazio disse...

O ideal seria mesmo o amor incondicional, sem cobranças. Amar apenas pq amar humaniza... mas, o nosso ego faz cobrança e é cruel. Temos que ter um pouco de cuidado com as nossas paixões, pois o amor pode levar a duas vertentes... a submissão ou a posse, e o ideal é ter discernimento é encontrar o equilíbrio.
Beijos e dias lindos para vc!